Seguidores

16/01/2012

Como medir a quantidade de chuva ?


                      
                       A matemática é utilizada em diversas áreas do conhecimento e, onde menos se espera, lá está ela para tentar explicar e compreender os fenômenos físicos, químicos, ambientais e sociais. A criação de modelos matemáticos para explicar esses fenômenos é de fundamental importância para tomada de decisões e criação de estratégias para lidar com as mais variadas situações.

Diariamente somos informados sobre a previsão do tempo nos mais diversos meios de comunicação. Uma série de variáveis é responsável pela determinação de uma boa previsão do tempo, dentre elas podemos destacar: a pressão atmosférica, a temperatura, a umidade e a precipitação, que é a quantidade de chuva em um determinado período de tempo. Muitas vezes nem damos a atenção devida a essas previsões, mas elas são de grande valia para o setor agropecuário e para a prevenção de tragédias relacionadas a deslizamentos e enchentes.

Saber o volume de chuva de uma determinada região também é muito importante e o método para calcular esse volume é desconhecido de grande parte da população. O cálculo desse volume envolve apenas conceitos de geometria espacial e plana.


O pluviômetro é um aparelho meteorológico destinado a medir, em milímetros, a altura da lâmina de água gerada pela chuva que caiu numa área de 1m2.

Dizer que em uma região choveu 100 mm significa dizer que em uma área de 1 m2, a lâmina de água formada pela chuva que caiu apresenta uma altura de 100 milímetros. Esse volume pode ser obtido calculando o volume do paralelepípedo de 1 m2 de área da base e altura de 100 mm = 0,1 metros.

Assim, o volume da chuva será dado por:
V = (área da base) x altura
V = 1 x 0,1 = 0,1 m3

Esse volume pode ser determinado em litros, lembrando que 1 m3 = 1000 litros.

Assim, uma chuva de 100 mm equivale a um volume, em litros, de:
V = 0,1 x 1000 = 100 litros

Isso implica dizer que, para cada metro quadrado da região, houve uma precipitação de 100 litros.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURVAS PLANAS ESPECIAIS ( Click na figura )

Sólidos de Arquimedes ( Click na figura )

Sólidos de Catalan ( Click na figura )

SOFTWARES E Blá-Blá

BLOGS